Arquivo para a Categoria ‘Integração

PESSOAS CEGAS OU COM BAIXA VISÃO [2]

Iniciando a série sobre como interagir com pessoas que possuem alguma necessidade específica, aí vão algumas dicas de como conviver numa boa com a pessoa cega ou com baixa visão:

1 - Avise a existência de obstáculos, como degraus e corredores estreitos.

2 - Oriente a localização de objetos. Use expressões como “à frente” e “à direita”.

3 - Use tom de voz normal.

4 - No convívio social, não as exclua. Deixe que elas decidam como participar e que tenham as mesmas chances de sucesso e falha.

5 - Não se acanhe ao usar expressões como “veja” e “olhe”.

6 - Um cão-guia nunca deve ser distraído da sua atividade, ele está trabalhando: “é os olhos” do cego.

7 - Na dúvida de como proceder, pergunte como pode agir.

CONVIVÊNCIA NO TRABALHO

Até pouco tempo, era comum profissionais trabalharem em espaços separados. Porém, atualmente, a tendência é compartilhar o local com outras pessoas, o que, embora promova a integração da equipe, pode gerar conflitos.

No tocante à convivência, hábitos pessoais tendem a entrar em conflito, e não são raras as reclamações sobre organização da mesa, comida em local impróprio e celular com volume alto. Por isso, sugere-se que a equipe faça acordos internos e delimite regras para cada espaço, facilitando o convívio.

A decisão deve ser dos próprios profissionais que ocupam determinado espaço. A empresa pode até fazer recomendações, porém o mais importante é que todos devem concordar com o que foi combinado e praticá-lo.

A UNIÃO (COM LIDERANÇA) FAZ A FORÇA


 
icon for podpress  Minuto Ágilis 171: Play Now | Play in Popup | Download

INTEGRAÇÃO: TODOS POR UM

No mundo empresarial moderno, um fator está assumindo um papel cada vez mais importante para o bom funcionamento das organizações: a integração.

A falta de integração na empresa geralmente é percebida por todos, mas a maioria dos funcionários age como se não tivesse participação alguma nesse processo. Isso explica por que alguns esperam que a empresa tome a iniciativa de promover ações nesse sentido. Outros acabam confundindo integração com momentos de lazer fora das instalações da organização. Na verdade, as atividades extras também ajudam a integrar, mas não bastam. O importante é mapear as necessidades e atividades e estimular o conhecimento mútuo entre as diversas áreas para que elas se integrem.

O fato é que a melhoria na integração não depende só da empresa: ela pode ser conseguida no cotidiano por meio da comunicação, das reuniões internas e dos grupos de trabalho. Mas isso, claro, se houver colaboração — de todos e de cada um.



Categorias

Comentarios Recentes

Visite nosso site !


www.agilis.com.br

Parceiros

TGI INTG Rede Gestão

Newsletter